Mamãs estejam sempre alertas!!!

21.4.06

Hiperactividade


Um número significativo de crianças sofre da Síndroma de Défice de Atenção e Hiperactividade (SDAH).Trata-se de uma desordem muito mais comum nos rapazes do que nas raparigas: 80% a 90% dos casos diagnosticados são de rapazes.A situação torna-se preocupante quando estas crianças começam a frequentar a escola, podendo o seu comportamento comprometer o desempenho escolar.

As crianças hiperactivas manifestam alguns sintomas de falta de atenção que é possível identificar:
apresentam dificuldade em manter a atenção ao executar tarefas ou actividades;
evitam as tarefas que requerem esforço mental persistente;
distraem-se facilmente com estímulos irrelevantes;
não tomam atenção suficiente aos pormenores ou cometem erros por descuido nas tarefas escolares, no trabalho ou noutras actividades lúdicas;
parecem não ouvir quando se lhes dirigem directamente;
perdem objectos necessários a tarefas ou actividades que terão de realizar.

Eis alguns sintomas de hiperactividade - impulsividade observáveis nas crianças: mexem permanentemente os pés;
levantam-se na sala em situações em que se espera que estejam sentadas;
correm e saltam excessivamente em situações inapropriadas;
apresentam dificuldade em se envolver numa actividades de forma tranquila;
falam em excesso;
respondem antes da pergunta ser completada;
apresentam dificuldade em esperar pela sua vez.

No entanto, para se concluir a presença da SDAH é fundamental que os sintomas persistam por mais de seis meses e se tenham iniciado antes dos sete anos.O educador deve estabelecer regras precisas e consequências claras e não deve utilizar uma linguagem de confronto, de modo a evitar comportamentos inadequados. Deve também alternar actividades paradas com actividades mais activas, ajustando o ritmo.
Encorajar a criança a desenhar pode ser uma forma de ajudar a lembrar determinado assunto abordado.Contar uma história é também uma forma eficaz de captar a atenção, visto que todas as crianças gostam de ouvir histórias, especialmente histórias pessoais. Para as crianças hiperactivas, é importante que o estabelecer e realizar tarefas de forma rotineira.