Mamãs estejam sempre alertas!!!

26.4.06

Hérnia umbilical

A hérnia umbilical apresenta-se como uma saliência mole ao nível do umbigo, que aumenta de tamanho com o choro, a tosse ou o esforço. A prática de enfaixar os bebés com ligaduras à volta do umbigo é ineficaz e pode provocar problemas.
O que é?
A hérnia umbilical resulta do defeito de junção do anel de tecido em volta do umbigo.Caracteriza-se por um abaulamento do umbigo que aparece quando a criança chora. Geralmente só é percebida algum tempo após a queda do coto umbilical.

Quais as causas?
A obliteração do úraco e dos vasos umbilicais, que se transformam em formação fibrosa no umbigo, contribui para a limitação do anel umbilical. A incompleta oclusão do anel forma a hérnia umbilical.

Quais os sintomas?
A hérnia umbilical evolui na maior parte das crianças sem provocar qualquer dor e sem encarcerar (isto é, sem ficar "presa" no seu orifício). Como se diagnostica O diagnóstico é feito pela observação do aumento de volume em redor do umbigo, que se agrava quando a criança chora.

Como se desenvolve?
Na maior parte dos casos, a hérnia umbilical acaba por fechar espontaneamente, sem necessidade de intervenção cirúrgica, e raramente pode encarcerar. Parece haver uma relação directa entre o diâmetro do anel herniário aos três meses de idade e o seu fecho espontâneo definitivo.Em estudos efectuados em crianças de raça africana (onde a hérnia umbilical é mais prevalente), verifica-se que, se esse diâmetro for inferior a 0,5 cm, o encerramento da hérnia ocorre em 96% dos casos. No entanto, se for superior a 1,5 cm, não é provável que se verifique esse encerramento espontâneo.Nalgumas crianças africanas o fecho espontâneo da hérnia umbilical pode acontecer até cerca dos 11 anos de idade.

Formas de tratamento
O tratamento é cirúrgico e deve ser indicado apenas quando a criança atinge os 5 ou 6 anos de idade e a hérnia ainda persiste.A partir desta idade, o encerramento espontâneo é muito raro e o tratamento deve ser feito para evitar que surjam as complicações e queixas que este tipo de hérnia pode provocar na idade adulta.Nas crianças com mais de 1 ano de idade em que o anel herniário é superior a 1,5 cm, ou nas quais de verificou um episódio de encarceramento, está também indicado proceder à cirurgia correctiva, mesmo antes de atingir a idade de 5 anos.

Formas de prevenção
Uma vez que a existência de hérnia umbilical se deve às características da parede abdominal que rodeia a cicatriz umbilical, não existem quaisquer medidas preventivas.A prática de enfaixar os bebés com ligaduras à volta do umbigo, além de ser completamente ineficaz no que diz respeito à melhoria da evolução da hérnia, pode provocar problemas de digestão e desconforto na criança, pelo que deve ser evitada.

Doenças comuns como diferenciar?
Uma vez que a existência de hérnia umbilical se deve às características da parede abdominal que rodeia a cicatriz umbilical, não existem quaisquer medidas preventivas.A prática de enfaixar os bebés com ligaduras à volta do umbigo, além de ser completamente ineficaz no que diz respeito à melhoria da evolução da hérnia, pode provocar problemas de digestão e desconforto na criança, pelo que deve ser evitada.

3 Comments:

At 12:15 da tarde, Blogger carla said...

o meu nome è Carla, sou enfermeira na aréa de saúde infantil e pediatria consultei este blog, e achei mto interessante e bem fundamentado em termos teóricos. Gostaria de conhecer mais alguma coisa acerca da pessoa que escreveu estas informações e qual a bibliografia que suporta estes textos.
Parabéns e aguardo novo contacto

 
At 3:01 da manhã, Blogger Neto Jullya said...

Boa noite gostaria de saber oq pode acontecer pos cirurgia c inflamar oq afeta na criança ? Minha filha fez a cirurgia menos de um mês e ela ainda reclama de dores e não vai ao banheiro direito isso é grave ? Por favor entre em contato denisyjulo0119@gmail.com

 
At 3:02 da manhã, Blogger Neto Jullya said...

Boa noite gostaria de saber oq pode acontecer pos cirurgia c inflamar oq afeta na criança ? Minha filha fez a cirurgia menos de um mês e ela ainda reclama de dores e não vai ao banheiro direito isso é grave ? Por favor entre em contato denisyjulo0119@gmail.com

 

Enviar um comentário

<< Home